Cidadezinhas: o tempo parado do interior brasileiro

Marina Rufo Spada

Quando se tem a oportunidade de passar por pequenas cidades, é quase pecado não parar para aguçar nosso “olhar fotográfico”. As usuais paisagens naturais em contraste com construções e objetos desgastados dão aquela sensação de bucolia, de tempo parado. Mofado. Na sessão inaugural de ensaio fotográfico, a pequenina cidade de Cesário Lange, interior de São Paulo, foi clicada no intuito de traduzir sua atmosfera local. Também a capela  anexa da Usina Santa Bárbara (Sta Bárbara d’Oeste -SP) – resquícios da segunda metade do século dezenove -foi incluída por exalar o abandono e a calma dos lugares esquecidos. Os dois barquinhos soltos na água, clássica paisagem, foram avistados em um trecho do Rio Piracicaba.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s