2013 em gotas

Gabriela Lima

Ao longo de 2013, muitas pessoas, empresas e ONGs resolveram fazer grande investimento no Ano pela Cooperação da água, definido pela ONU

Um dos materiais de divulgação do ano pela cooperação da água encontrada no site da Unesco (Foto: http://www.unesco.org/new/fileadmin/MULTIMEDIA/FIELD/Brasilia/brz_water_day_year_logo_pt_2013-novo.jpg)

Um dos materiais de divulgação do ano pela cooperação da água encontrada no site da Unesco (Foto: http://www.unesco.org/new/fileadmin/MULTIMEDIA/FIELD/Brasilia/brz_water_day_year_logo_pt_2013-novo.jpg)

 Por que trazer uma criança a esse mundo? Foi com essa pergunta que o vídeo da Unilever, uma das maiores empresas de bens de consumo do planeta, impactou mais de 6 milhões de pessoas que visualizaram o vídeo no canal do Youtube. Os 4min25s contrapõem as opiniões dos “quase pais” sobre o mau futuro que a humanidade caminha e sobre o futuro promissor que aguarda os filhos deles. O contraditório começo com cenas de destruição, guerra e poluição é desconstruído com a importância que a água tem para o futuro e como ela ajudará as futuras gerações com o auxílio da tecnologia. Uma das cenas do vídeo contém o trecho: “novas tecnologias vão disponibilizar água limpa e potável para centenas de milhões de pessoas. Essa provavelmente vai ser a guerra da água que se fala tanto” – referindo-se à guerra de água feita pela brincadeira de crianças.

Essa foi uma das empresas que lembrou, ao longo de 2013, sobre a importância da conscientização da população em relação à água. Em assembleia geral das Nações Unidas, foi declarado que 2013 seria o Ano Internacional de Cooperação pela Água, e a Unesco – organização responsável pela ciência, cultura e educação – lideraria os preparativos feitos no decorrer do ano. O intuito é conscientizar a população sobre o gerenciamento da água, já que a previsão de aumento da demanda de água é de 55% até 2050, segundo o relatório da ONU. De acordo com informações no próprio site da Unesco, um dos maiores problemas que a humanidade enfrenta hoje não é a falta de água, já que o processo natural dela é cíclico, mas é a desigualdade no acesso e a má qualidade da água.

Mão na massa

O ano de 2013 foi importante para ONGs que lidam com a questão do meio ambiente, em especial, com a problemática da água. Elas são os braços que auxiliam na conscientização de lugares específicos, como escolas e empresas e assumem a responsabilidade socioambiental com o Planeta. A equipe entrevistou a ONG Projeto Água, a qual se localiza no município de Petrópolis (RJ). Ela é responsável por trabalhos de conscientização ambiental e dois dentre os seus quatro programas são voltados para a água. Os programas dentro da ONG “Água é vida” e “Água para todos” são voltados para a necessidade de fazer crianças, jovens e adultos entenderem a importância da água e a preservação dela através de dinâmicas que passam informações importantes.

A missão do projeto água é conscientizar e instruir a população para preservar a água, dinâmicas são feitas com crianças. (Foto: http://www.projetoagua.org.br/default.asp)

A missão do projeto água é conscientizar e instruir a população para preservar a água, dinâmicas são feitas com crianças. (Foto: http://www.projetoagua.org.br/default.asp)

Em entrevista, a ONG comentou sobre a consciência que a população tem tido sobre o uso da água, nas mais diversas regiões do país. Segundo ela, “estas ações estão mais evidentes na regiões Sul e Sudeste devido a um maior desenvolvimento socioeconômico. Porém, regiões como Centro-Oeste, Norte e Nordeste também têm se manifestado positivamente quanto a este assunto, já que nestas regiões também ouve-se falar com certa frequência a respeito da conscientização ambiental”. Além das regiões em que a conscientização fica mais difícil, a Projeto Água também salientou que o adultos, em comparação com crianças e jovens, são os mais resistentes às mudanças pela cooperação da água, já que possuem hábitos antigos de desperdícios de água.

Água na cidade

O programa “Água para todos” difunde informações importantes sobre os recursos hídricos (Foto: http://www.projetoagua.org.br/default.asp)

O programa “Água para todos” difunde informações importantes sobre os recursos hídricos (Foto: http://www.projetoagua.org.br/default.asp)

O ano pela cooperação da água motivou os departamentos responsáveis para melhoria na distribuição da água e o tratamento de esgoto. Na cidade de Bauru, o Departamento de Água e Esgoto (DAE) promoveu o Plano Diretor de Água, que tem por objetivo identificar os problemas que a cidade enfrenta com relação à água e propor soluções para a população. Em entrevista, segundo a assessoria do DAE, o Plano Diretor “servirá como instrumento de planejamento e apresentará um conjunto de propostas e alternativas de curto, médio e longo prazo para soluções e desenvolvimento do sistema de abastecimento de água, envolvendo os mananciais, captação, adução (bruta e tratada), preservação e distribuição”. O valor do investimento será de R$1.310.000,00.

Durante o ano, também, muitos poços foram inaugurados para melhor abastecimento dos moradores de alguns bairros, como Manchester, Parque Santa Terezinha, Tangarás, Bauru 25 e Parque Bauru. Outros têm previsão para a construção no ano que vem. Além desses serviços, o DAE distribui folders e garrafas de água com a explicação da importância de preservá-la. A empresa ainda afirmou que “os consumidores devem evitar o desperdício e sempre utilizar o líquido de maneira racional, independentemente de problemas envolvendo bombas de poços profundos”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s